15.10.2020  /  12:05

Melania Trump está fora da série documental da CNN sobre as primeiras-damas dos EUA

Melania Trump || Créditos: Reprodução

No ar desde o último domingo, a série documental “First Ladies” (“Primeiras-Damas”), produzida e exibida pela CNN, está sendo criticada por ter deixado de fora uma personagem cuja história de vida deveria ter sido abordada. Como o nome indica, a produção conta as trajetórias das mulheres de alguns presidentes dos Estados Unidos, sendo que todas se destacaram de um jeito ou de outro, mas deixou de fora a atual primeira-dama americana, Melania Trump, mulher do presidente Donald Trump.

Simpatizantes do trumpismo acreditam que a CNN só fez isso para pegar no pé de seu ídolo, lembrando que o político e a rede americana de televisão nunca se entenderam muito bem. Pra piorar as coisas, a ex-primeira-dama Michelle Obama, mulher do ex-presidente dos EUA Barack Obama, o maior rival de Trump, foi uma das seis biografadas na atração (junto com Jackie Kennedy, Nancy Reagan, Eleanor Roosevelt, Lady Bird Johnson e Hillary Rodham Clinton).

Por outro lado, há quem defenda a decisão da CNN de excluir Melania do roll de primeiras-damas dignas de terem suas histórias contadas na telinha e em horário nobre, uma vez que a ex-modelo eslovena não tem grandes feitos no currículo além de seu casamento, em 2005, com aquele que viria a se tornar o homem mais poderoso do mundo. Controvérsias à parte, “First Ladies”, que é narrada por Robin Wright, foi muito bem recebida pela crítica e também vem conquistando bons índices de audiência. (Por Anderson Antunes)

*

Dá um play aí embaixo pra assistir o trailer de “First Ladies” [ÁUDIO EM INGLÊS]: