29.04.2018  /  9:00

Meghan Markle “se casou” em “Suits” e quase ninguém falou sobre isso. Aí tem, hein!

Meghan Markle e Harry || Créditos: Getty Images

Será que a rainha Elizabeth II reina até sobre certos canais de televisão dos Estados Unidos? A pergunta é valida por causa do episódio final da sétima temporada de “Suits”, que foi ao ar no país nessa semana. O capítulo foi o último com a participação de Meghan Markle, que atuava na série desde o começo e – surpresa! – a personagem dela, Rachel Zane, disse adeus à atração subindo ao altar.

Ninguém entendeu, no entanto, por que a rede USA Network, que produz “Suits”, não divulgou previamente fotos da futura mulher do príncipe Harry e provável duquesa de Sussex (esse tem tudo para ser o título real que a atriz vai ganhar) aparece trocando alianças com Mike Ross, papel do ator Patrick J. Adams, afinal a publicidade gratuita resultante das imagens certamente seria enorme, embora talvez um pouco constrangedora.

Justamente por isso que a suspeita é que algum emissário do Palácio de Buckingham entrou em contato com o pessoal do canal para pedir discrição em relação à cena e tudo relativo ao tema, inclusive porque foram raras as entrevistas coletivas com o elenco de “Suits” nas últimas semanas, e quando ocorriam o nome de Meghan raramente era mencionado e, vez por outra, censurado.

Outra hipótese, mais plausível, seria o desejo da NBC-Universal (dona da USA Network) de conseguir a primeira entrevista exclusiva com Meghan e Harry já casados, para exibir em um de seus grandes veículos. Para isso seria fundamental evitar qualquer tipo de chateação com a estrela, tipo fazer um carnaval com um momento de trabalho que ela talvez prefira que passe despercebido só para atrair público. Pensando bem… (Por Anderson Antunes)

Meghan com Patrick J. Adams, par romântico dela em “Suits” || Créditos: Reprodução