28.08.2020  /  10:37

Meghan Markle ganhou bracelete empoderador da lendária feminista Gloria Steinem

Meghan Markle e Gloria Steinem, e o bracelete que a duquesa ganhou da feminista || Créditos: Reprodução

Como se não bastasse o teor da conversa praticamente anti-monárquica que Meghan Markle e Gloria Steinem tiveram recentemente, e conforme Glamurama contou nessa quinta-feira, a duquesa de Sussex ainda voltou pra casa depois do bate papo que teve com a feminista de 86 anos com um presente que alguns “royals” poderiam classificar como provocador e que recebeu desta: um bracelete com a inscrição “Imagine que somos ligados, e não ranqueados”. A peça foi desenhada especialmente por Steinem para a a atriz de 39 anos que, claro, a adorou. “Essa frase é o melhor resumo de tudo aquilo que busco”, Markle disse sobre o mimo.

Produzido em edição limitada, o tal bracelete podia ser encontrado até recentemente em alguns sites, custando em média US$ 48 (R$ 264), mas se esgotou em praticamente todos desde que a mulher do príncipe Harry se tornou uma de suas usuárias. Uma próxima edição de peças parecidas também desenhadas por Steinem já está no forno, e assim como a original seus lucros serão revertidos para as causas feministas defendidas por sua criadora.

A propósito, o look exibido por Markle no tête-à-tête em que ela discutiu com a lendária ativista a importância do voto nas próximas eleições presidenciais dos Estados Unidos (e deixando de lado o fato de que a primeira já integrou uma instituição que em outros tempos lutava contra as repúblicas democráticas) também foi composto por calças pantalonas da marca Anine Bing (US$ 250/R$ 1.375), sandálias pretas by Stella McCartney (US$ 795/R$ 4.372) e um charmoso chapéu de Janessa Leone (US$ 356/R$ 1.958). (Por Anderson Antunes)