08.02.2021  /  9:39

Meghan e Harry tiveram reunião virtual secreta com o governador da Califórnia em outubro. Aos fatos!

Gavin Newson e os Sussexes
Gavin Newson e os Sussexes || Créditos: Reprodução

Apesar de não serem mais membros oficiais da família real do Reino Unido, Meghan Markle e o príncipe Harry ainda dispõem de certos privilégios que os tornam VIPs em qualquer lugar do mundo. Foi revelado no fim de semana pelo “The Sun”, por exemplo, que o casal teve uma reunião virtual do tipo ultrassecreta com Gavin Newson, o governador da Califórnia, estado em que vivem a duquesa e o duque de Sussex, no dia 19 de outubro, e portanto cerca de um mês antes da eleição presidencial nos Estados Unidos que terminou com a vitória de Joe Biden sobre Donald Trump.

Ninguém sabe ao certo o que foi discutido entre eles, que se reuniram pelo Zoom durante cerca de uma hora, mas é fato que Newson, que é democrata, não costuma dar esse tipo de atenção pra qualquer um. Além disso, naquela época o político estava mantendo discussões para decidir quem substituiria a então candidata à vice-presidência dos EUA Kamala Harris como representante da Califórnia no Senado americano (a agora VP de Biden era a dona do cargo) caso ela vencesse a corrida pela Casa Branca como no fim aconteceu.

O escolhido acabou sendo o também democrata Alex Padilla, que é próximo dos Sussexes, mas daí a dizer que os dois tiveram alguma influência nesse desfecho é pura especulação. O xis da questão, no entanto, é que Meghan e Harry parecem estar realmente dispostos a se envolverem na política dos EUA, e há quem acredite que a atriz esteja inclusive de olho em uma eventual candidatura ao governo da Califórnia nas eleições de 2022. (Por Anderson Antunes)