05.04.2021  /  9:54

Meghan e Harry precisam de pelo menos R$ 11,4 milhões por ano para bancar seus gastos com segurança

Harry e Meghan Markle cercados por seguranças
Harry e Meghan Markle cercados por seguranças || Créditos: Reprodução

Feitas as contas, Meghan Markle e o príncipe Harry precisarão de algo entre US$ 2 milhões (R$ 11,4 milhões) e US$ 3 milhões (R$ 17 milhões) anuais daqui pra frente apenas para bancar seus gastos pessoais com segurança e afins. Era mais ou menos esse o montante que a Coroa britânica reservava para os dois quando eles eram membros da monarquia do Reino Unido, e a conta vai continuar vencendo a cada ano mesmo depois do adeus deles para a realeza de lá, que por consequência lhes custou o privilégio.

A boa notícia é que Harry virou um ex-royal com cerca de US$ 40 milhões (R$ 227,4 milhões) no bolso, sendo esse o montante herdado pelo irmão do príncipe William da mãe deles, a princesa Diana, morte em 1997. Já Markle, que foi atriz de relativo sucesso antes de chacoalhar a família real mais famosa do mundo, conseguiu juntar uns US$ 10 milhões (R$ 56,9 milhões) em seus tempos de Hollywood.

O casal também deverá começar a receber em breve os valores referentes ao contrato de estimados US$ 150 milhões (R$ 852,9 milhões) que assinou com a Netflix, sem falar em um outro de cifras igualmente grandes assinado com o Spotify. E Harry, claro, agora tem emprego: nessa semana o sexto na linha de sucessão ao trono britânico foi anunciado como o mais novo executivo da empresa fornecedora de cursos online sobre saúde mental BetterUp Inc. (Por Anderson Antunes)