17.03.2020  /  8:39

Em 2008, médium que atendeu Kim Kardashian previu a pandemia de Covid-19

Kim Kardashian || Créditos: Reprodução

Kim Kardashian possivelmente soube antes de todos nós que em 2020 o mundo enfrentaria um inimigo oculto no campo das doenças sem cura – no caso, o Covid-19. É que a reality star se consultou durante mais de uma década com a médium americana Sylvia Browne, morta em 2013, que costumava ser destaque na mídia americana por conta de suas previsões apocalípticas (ou, vez por outra, por causa de controvérsias sobre a maneira como ela tinha essas visões do futuro, que em inúmeras ocasiões resultaram em acusações de plágio feitas por outros médiuns). Uma das mais famosas, que a profissional incluiu em um livro que lançou em 2008 e intitulado “End of Days: Predictions and Prophecies About the End of the World” (ou “Fim dos Dias: Previsões e Profecias Sobre o Fim do Mundo”, em tradução livre), diz respeito a uma “doença do tipo pneumonia severa” que se espalharia pelo planeta exatos doze anos depois de sua publicação.

Dias atrás, Kardashian publicou no Twitter uma foto da página do livro de Browne que contém a previsão. “A Kourtney [Kardashian] postou isso agora no nosso grupo de família”, a mulher de Kanye West escreveu, em tom de choque, na legenda da imagem que tuitou. Foi o suficiente para que o nome da médium e escritora voltasse a ser destaque, e inclusive a versão em e-book da obra, que na época em que chegou às livrarias nem fez muito sucesso, agora está entre as mais vendidas nos sites da Amazon nos Estados Unidos e no Reino Unido graças à citação que ganhou da mais famosa das Kardashians. Mais do que isso, várias outras previsões de Browne para esse ano voltaram a ganhar destaque nas redes sociais em razão do aparente acerto dela em relação ao novo coronavírus.

Entre outras coisas, a médium afirmou anos atrás que a presidência dos EUA como a conhecemos chegaria a um fim nesse ano, e o país passaria a ser governado por “um braço legislativo” que formaria uma espécie de “novo Senado”; que os índices de infertilidade aumentariam por intervenção de espíritos que não querem mais reencarnar; que o tal novo Senado americano aprovaria uma nova lei para castrar pedófilos; que uma chuva de meteoros começaria a se formar para atingir a Terra em 2029; que doenças já erradicadas voltariam a assombrar a humanidade diante da resistência de muitas pessoas para tomar vacinas; que problemas físicos como cegueira e surdez seriam solucionados; que todas as religiões do mundo se convergiriam em apenas uma e, talvez a mais assustadora de todas nesse momento, que o mercado de capitais americano deixaria de existir. (Por Anderson Antunes)

*

Abaixo, o tuíte de Kardashian com o trecho do livro de Browne sobre a pandemia de 2020: