21.07.2021  /  12:30

Matt Damon fala sobre a vez em que recusou um cachê de quase R$ 1,5 bilhão para atuar no 1º ‘Avatar’

"Coisas da vida", declarou o ator sobre a chance perdida
“Coisas da vida”, declarou o ator sobre a chance perdida || Créditos: Reprodução

Durante um bate papo fechado com jornalistas do qual participou na semana passada, no Festival de Cannes, Matt Damon comentou aquele que considera ter sido o maior erro de sua carreira no cinema: ter recusado um papel de destaque em “Avatar”, o arrasa-quarteirão de 2009 dirigido por James Cameron que faturou mais de US$ 2,8 bilhões (R$ 14,7 bilhões) com a venda de ingressos em todo o mundo e ainda rendeu continuações.

Segundo o astro da franquia “Bourne”, o diretor lhe ofereceu a chance de atuar no filme em troca de 10% de sua bilheteria, o que Damon na época achou que seria muito arriscado, já que a produção sobre os nativos de Pandora a princípio não tinha cara de sucesso.

“Ele [Cameron] chegou pra mim e disse, ‘olha, eu preciso de um ator, e nem precisa ser famoso, mas se for você eu te dou essa parte dos lucros'”, relembrou Damon, que caso tivesse aceitado a oferta teria embolsado em torno de US$ 280 milhões (R$ 1,47 bilhão).

“É meio chato lembrar disso. Na verdade, é brutal, porque perdi a chance de ganhar um caminhão de dinheiro. Mas meus filhos têm comida na mesa todos os dias e eu estou bem”, o marido de Luciana Barroso declarou, antes de frisar que teria entrado para a história como o ator mais bem pago de todos os tempos se tivesse dito sim para Cameron. “Coisas da vida”, ele concluiu. (Por Anderson Antunes)