08.06.2020  /  11:15

Marta Kauffman, co-criadora de ‘Friends’, faz mea culpa sobre falta de diversidade no elenco da sitcom

Marta Kauffman e o elenco de ‘Friends’ || Créditos: Reprodução

Uma das criadoras de “Friends” e também de “Grace and Frankie”, Marta Kauffman fez um mea culpa em entrevista para o jornal britânico “The Guardian” sobre algumas de suas escolhas para a sitcom estrelada por Jennifer Aniston, Courteney Cox, Lisa Kudrow, Matthew Perry, Matt LeBlanc e David Schwimmer. “Eu gostaria de saber naquela época tudo que sei hoje, e certamente teria feito muita coisa diferente”, a roteirista de 63 anos disse no bate papo publicado nesse domingo.

O mote da conversa foi a falta de oportunidade que profissionais de certas minorias têm em Hollywood, especialmente os negros. Nesse aspecto, “Friends” – que ficou no ar entre 1994 e 2004 – vem sendo citada com frequência por alguns especialistas em televisão dos Estados Unidos como um típico programa que não faria sucesso nos dias atuais por causa da falta de diversidade em seu elenco.

“Eu sempre encorajei pessoas de realidades diversas em nossas empresas, mas tenho consciência que não fiz o suficiente no passado e atualmente tudo que consigo pensar é sobre o que posso fazer agora”, Kauffman, que escreveu “Friends” junto com David Crane, explicou. “Como posso fazer novos programas diante dessa nova realidade? Isso é algo que eu gostaria de saber não somente desde meus primórdios na indústria, mas até recentemente também”, ela desabafou.

No começo do ano, muito anos dos protestos pelo assassinato de George Floyd e do ressurgimento do movimento Black Lives Matter, Schwimmer (o Ross de “Friends”) também declarou em entrevista ao “Guardian” que sempre esteve “muito ciente” da falta de diversidade entre os atores da série e por anos fez lobby para que seu personagem sempre namorasse mulheres de cor. (Por Anderson Antunes)