25.04.2017  /  11:24

Mark Zuckerberg elogia documentário brasileiro com uso de realidade virtual

Créditos: Getty Images/Divulgação
Cena do filme “Step To The Line”, elogiado por Mark Zuckerberg || Créditos: Getty Images/Divulgação

O filme “Step To The Line”, do brasileiro Ricardo Laganaro (O2 Filmes), é um dos destaques do 16º Festival de Tribeca, que acontece em Nova York entre os dias 19 e 30 de abril. Rodado em realidade virtual, o longa tem em sua torcida pelo prêmio ninguém menos que Mark Zuckerberg, que compartilhou em seu perfil no Facebook post elogiando o longa, que mostra a realidade de duas prisões norte-americanas.

“Um dos mais poderosos efeitos secundários da VR [Oculus VR, a produtora do filme] é a empatia – a capacidade de compreender outras pessoas melhor quando você sente que está, de fato, com elas”, disse o fundador do Facebook sobre o filme. “Ele [“Step to the Line”] o coloca frente a frente com presos de verdade para que você possa vivenciar suas histórias em primeira mão e entender o que é ser parte do sistema de justiça penal nos dias de hoje e o quão difícil pode ser construir um futuro melhor”, continuou Zuckerberg.

Depois, o bilionário dividiu uma experiência pessoal a respeito do dia em que conheceu no estado do Alabama
Anthony Ray Hinton, que foi exonerado e libertado após 30 anos no “corredor da morte”. “Não há nada como encontrar alguém como Anthony pessoalmente, mas a VR pode levá-lo muito perto. É um lembrete de quanto trabalho devemos fazer para garantir justiça igual para todos”, completou.

Ainda inédito no Brasil, o longa retrata o trabalho feito pela ONG Defy Ventures em prisões de segurança máxima nos EUA. Ele faz parte da seleção do Tribeca Immersive, dentro do segmento Virtual Arcade – programa que apresenta narrativas imersivas e conta com outras 21 produções de outros países. Todos os programas e filmes em realidade virtual serão exibidos no festival, que fica na Rua 50 Varick. Abaixo, o trailer.