29.05.2020  /  9:48

Mark Cuban muda o tom e dá a entender que pode entrar na corrida pela Casa Branca: “Nunca digo nunca”

Mark Cuban || Créditos: Reprodução

Mais um dos bilionários americanos pode estar flertando com a ideia de se tornar presidente dos Estados Unidos. Além de Donald Trump, o atual atual detentor do cargo e primeiro membro do clube dos dez dígitos do país a conquistá-lo, e de Michael Bloomberg, que entrou com tudo na última corrida pela Casa Branca só para desistir nos 45 do segundo tempo, agora é Mark Cuban – cuja fortuna é estimada em US$ 4,3 bilhões (R$ 23,1 bilhões) – quem cogita despachar no Salão Oval.

Apesar de sempre ter negado enfaticamente essa possibilidade, o dono do time de basquete Dallas Mavericks e astro do reality show “Shark Tank” mudou de tom em suas últimas entrevistas, e numa que concedeu nessa quinta-feira chegou a dizer que, como como o grande empresário que é jamais dirá um não definitivo para nada. “Coisas estranhas estão acontecendo”, emendou ele, com ar de mistério.

Cuban, que de vez em quando bate de frente com Trump nas redes sociais e se declara independente politicamente, também declarou recentemente que o governo do republicano até começou bem, mas perdeu o rumo diante da crise trazida pelo novo coronavírus. “Ele [Trump] tinha uma mente mais aberta, mas algo mudou. E quando se trabalha com informações imperfeitas, você toma decisões igualmente imperfeitas”, completou o bilionário. Parece até discurso de campanha… (Por Anderson Antunes)