10.06.2017  /  8:43

Mari Stockler: dicas, obras que escolheu pra ter em casa e muito mais

Mari Stockler e Carlito Carvalhosa || Créditos: Juliana Rezende e Paulo Freitas
Mari Stockler e Carlito Carvalhosa || Créditos: Juliana Rezende e Paulo Freitas

Mari Stockler, fotógrafa e diretora de arte, personalidade muito, muito querida do meio artsy do Rio, casada com Carlito Carvalhosa, amiga de Adriana Varejão a Vik Muniz, como Glamurama adiantou, foi escolhida para comandar a Carpintaria, espaço da galeria Fortes D’Aloia & Gabriel no Jockey Club do Rio, assinando a curadoria do local. Aproveitamos a deixa para pegar com ela dicas para quem quer começar a investir em arte e saber que obras Mari escolheu para ter em casa. Vem ler! (por Michelle Licory)

Glamurama: Como veio o convite para assumir a Carpintaria?

Mari Stockler: “Conheço a galeria Fortes D’Aloia & Gabriel [antes Fortes Vilaça] há anos, desde a época do Marco Antônio e da Karla. Sabia que Márcia Fortes, Alessandra d’Aloia e Alex Gabriel procuravam uma pessoa para a diretoria da Carpintaria, mas não me ocorreu de trabalhar lá… Um dia a Márcia olhou para mim e disse: ‘Mari, tem que ser você!'”

Glamurama: Como manter o mercado das artes aquecido em tempos de crise?

Mari Stockler: “Acredito que poderemos manter o mercado aquecido com uma boa programação e com uma identidade da galeria definida. A Carpintaria é da Fortes D’Aloia & Gabriel, mas não é filial, estão todos de acordo que é preciso desenvolver a identidade do lugar. Estamos começando algo novo baseado em muitos anos de experiência dos sócios. O cliente saberá identificar isso”.

Glamurama: Que dicas você dá para quem quer começar a investir em arte?

Mari Stockler: “Tenha prazer e tempo para saber o que está comprando. Procure saber sobre o artista que lhe foi oferecido. Frequente museus daqui e de fora, leia revistas e visite as feiras”.

Glamurama: Quando escolhe com o Carlito obras para a casa de vocês, qual o critério? Na coleção de vocês, do que mais gostam ou que peças têm um significado mais especial?

Mari Stockler: “Em nossa casa, tudo o que temos tem significado especial. Temos trabalhos de artistas de várias gerações, mas também temos trabalhos de muitos amigos artistas como Rodrigo Andrade, Paulo Monteiro, Adriana Varejão, Jac Leirner, Maria Klabin, Vik Muniz, Nuno Ramos, Sergio Sister, Cabelo, Arthur Lescher, Fábio Miguez, Malta, Afonso Tostes, Luiz Zerbini…”

Glamurama: Quais as obras do Carlito que você mais gosta? E das que tem em casa, qual a preferida e onde fica?

Mari Stocker: “Nossas filhas escolheram os quadros do pai para elas. Eram pequenas e em dias diferentes disseram ‘esse é meu’. Os dois ficam na sala. Eu escolhi um também que está no quarto. Esses três estão em casa. Lá também tenho minhas fotografias”.