05.02.2020  /  11:18

Marca de maconha lançada em 2016 por Whoopi Goldberg vai encerrar as operações. Saiba o motivo!

Maya Elisabeth e Whoopi Goldberg || Créditos: Reprodução

Lançada em 2016 por Whoopi Goldberg e Maya Elisabeth, a marca de produtos à base de maconha Whoopi & Maya vai encerrar as operações. Tudo por conta de desavenças entre as duas sócias, que de uns tempos pra cá passaram a discordar sobre praticamente tudo que diz respeito ao melhor jeito de tocar o negócio. Goldberg, que defendia a legalização dos usos recreativo, medicinal e industrial da maconha desde os primórdios de sua carreira, lá em meados dos anos 1980, disse em nota que sente muito pelo fechamento da Whoopi & Maya e pediu desculpas aos clientes que a marca conquistou ao longo desses quatro anos pelo contratempo, mas também deu a entender que vai pensar em novas formas de lucrar com a cannabis.

Pelo menos 33 estados dos Estados Unidos legalizaram a maconha, seja para uso medicinal ou recreativo, desde 1996, quando a Califórnia legalizou o uso médico da erva. E só no ano passado, o mercado americano de cannabis movimentou perto de US$ 12 bilhões (R$ 50,8 bilhões) – cifra que, de acordo com várias estimativas, deverá dobrar de tamnho até 2025. (Por Anderson Antunes)