Francesca Tolot durante coletiva de imprensa na nova loja da Mac, na Paulista || Créditos: Arquivo pessoal

Maquiadora de Madonna divide dicas com o Glamurama. Vem!

12 Compartilhamentos
12
0
0
0
0
0
Francesca Tolot durante coletiva de imprensa na nova loja da Mac, na Paulista || Créditos: Arquivo Pessoal
Francesca Tolot na nova loja da M.A.C na Paulista || Créditos: Arquivo pessoal

No Brasil a convite da M.A.C, que comemora a abertura de uma nova loja em São Paulo, na Paulista -a primeira de rua no país-, a top maquiadora Francesca Tolot, que já maquiou Madonna, Beyoncé e Elizabeth Taylor, e assina editoriais em revistas mundo afora, bateu um papo com Glamurama. Abaixo, dicas que servem para toda a vida.

Glamurama – No Brasil, o make colorido vem conquistando cada vez mais espaço, mas as mulheres ainda têm receio de cair no exagero. Alguma dica para elas?

Francesca Tolot – “Existe uma maneira de ousar na maquiagem de uma maneira neutra. Você pode usar qualquer cor desde que seja sutilmente, em uma pequena quantidade, para dar apenas um toque de cor, um ponto de luz no rosto. Qualquer cor é ótima se a proposta for deixar o visual mais divertido. Mas sem exageros para não errar!”

Glamurama – E para as olheiras, alguma dica para amenizá-las?
Francesca Tolot – 
“É só acertar na combinação da base e do corretivo, formando a mistura perfeita para esconde-las. Muitas mulheres têm dúvidas nessa hora. O corretivo deve ser sempre mais claro que o tom da base. Para quem tem bolsas nos olhos, recomendo passar o corretivo exatamente sobre a linha delas.”

Glamurama – Como parecer mais jovem usando maquiagem?
Francesca Tolot –
 “Usar pouca maquiagem, com aspecto natural e leve. Base muito bem passada, uma sobra leve, máscara de cílios e um toque de iluminador nas têmporas é suficiente. Nos lábios, depende. Para quem tem lábios bonitos, vale destacá-los com batom e brilhos labiais. Para quem não tem, como no meu caso, evite destacá-los.”

Glamurama – Quais são os erros recorrentes que você mais vê no dia a dia e profissionalmente?
Francesca Tolot –
 “Maquiagens pesadas, com olhos carregados.”

Glamurama – O que está “in” e o que está “out”?
Francesca Tolot – “In continua sendo a pele com efeito ‘glow’, com brilho leve e bronzeada, e out, definitivamente, são os cílios postiços. O natural ganha mais força e não há espaço para o que é artificial.”

Glamurama – Existe uma regra básica para não errar na combinação no make com o look?
Francesca Tolot – “Sim. Há um senso comum que algumas mulheres não têm (risos). Mas, na dúvida, opte por um make neutro. Ele ficará bem com qualquer look.”

Glamurama – Para o inverno, em que devemos apostar?
Francesca Tolot – “Batons de cores marcantes como tons alaranjados e vermelhos.”

Glamurama – Como surgiu a ideia de lançar um livro com apenas uma modelo? (Francesca lançou em SP o livro “One Woman 100 Faces”, com a modelo Mitzi Martin com 100 diferentes tipos de maquiagem). 
Francesca Tolot – “Surgiu de repente, mas a ideia foi bem difícil de ser concretizada porque os americanos estão interessados só em celebridades. Ele vivem uma obsessão por elas. Ainda bem que encontrei a editora inglesa Goodman.”

Glamurama – Você aprendeu algum truque com Madonna, Beyonce, Elizabeth Taylor…?
Francesca Tolot – “Sempre estou aberta para aprender. Elizabeth Taylor amava usar lápis preto em suas sobrancelhas e ficava simplesmente lindo.”

Glamurama – Viveu algum momento inesquecível de sua carreira ao lado delas?
Francesca Tolot –
 “Muitos. Um deles foi quando fui ao casamento de Elizabeth Taylor e Larry Fortensky, na casa de Michael Jackson. Por lá conheci e encontrei pessoas incríveis, como um dos maquiadores de Marilyn Monroe.”

O livro “One Woman 100 Faces” e um clique da modelo Mitzi Martin || Créditos: Divulgação/ Alberto Tolot