21.01.2018  /  9:00

Manual de sobrevivência para se recuperar rápido depois de enfiar o pé na jaca

Com o Carnaval logo aí batendo na nossa porta – aliás, nesse sábado rolou nosso pré-Carnaval, o Folia Glamurama -, um bom manual de sobrevivência aos excessos é sempre bem-vindo. Confira aqui as dicas do endocrinologista Pedro Assed para ficar zerado no day after da ferveção:

 

 

Para curar ressaca:

  • Beba bastante água de coco: É um dos melhores reidratantes naturais. Ajuda a reduzir os sintomas de ressaca como dor de cabeça, náuseas, prostração e fraqueza.
  •  Outra aposta são sucos ricos em vitamina C como acerola, kiwi, tangerina, laranja e limão que são poderosos antioxidantes. Alimentos como canela, café e mate natural também são úteis para melhorar a disposição. Gengibre, alho e cúrcuma são anti-inflamatórios naturais e podem ajudar nessas horas.

Por que sentimos vontade de comer alimentos gordurosos na ressaca?

No período pós-ingestão de bebida alcoólica, ocorre desidratação por perda de sais minerais e eletrólitos pelo excesso de diurese. Além disso o álcool diminui os níveis sanguíneos de glicose, provocando hipoglicemia por períodos prolongados, o que dispara o gatilho de fome e de vontade de repor os estoques baixos de glicose no sangue. Resultado: aumento da vontade de comer doces e alimentos mais calóricos.

O que comer e beber no day after? 

Quem exagerou na bebida alcoólica deve no dia seguinte ingerir bastante líquido e evitar frituras e alimentos gordurosos que pode piorar os efeitos da ressaca. Evite: leite de vaca, carnes vermelhas e frituras.