29.10.2019  /  18:12

Mangueira promete chocar no Carnaval 2020 com enredo que aborda política e religião. Aos motivos!

As fantasias da Mangueira para 2020 || Créditos: Reprodução

O Carnaval sempre foi uma festança ligada às manifestações populares. Com o passar do tempo, cresceu com os bloquinhos de rua e os badalados desfiles nas grandes cidades, cujo Rio de Janeiro se destaca como o maior evento no Brasil, muito por conta das escolas de samba. É comum ver na passarela da Marques de Sapucaí momentos de protesto com cenas fortes e polêmicas, como foi em 1989 com a Beija-Flor retratando o Cristo Redentor vestido com farrapos como um mendigo.

Neste ano, a Mangueira entrou na avenida pedindo respostas sobre o caso Marielle, causou e levou o título para casa. Já em 2020, com o enredo “A verdade vos fará livre”, a agremiação promete chocar mais ainda, mesclando fantasias religiosas com temáticas fortes dos dias atuais como, por exemplo, a Maria Madalena vestida com as cores da bandeira LGBTQIA+ e Nossa Senhora das Dores de luto com uma bandeira do Brasil negra e no centro a frase “Estado Assassino”. O artista responsável pelo desenvolvimento do enredo é Leandro Vieira, que promete retratar como Jesus viveria nos dias atuais, misturando a abordagem política com a religião.

Nas redes sociais, ele tem postado as fantasias e explicado a temática do Carnaval 2020 da Mangueira e a repercussão tem sido positiva. O que o público aguarda é como será retratado Jesus na visão do artista, que provavelmente só saberemos no dia do desfile no dia 24 de fevereiro.

E tem mais. Leandro está trabalhando em dobro no próximo ano. Além da Mangueira, ele ficou com a missão de reeditar o grande espetáculo que a Imperatriz Leopoldinense deu na avenida em 1981, e se consagrou campeã, com a homenagem a Lamartine Babo, criador do hinos de clube de futebol do Rio de Janeiro.  Pelas fantasias que foram apresentadas é grande a chance da escola voltar a dar pivô no grupo especial em 2021. (por Helton Filipe)