16.08.2018  /  6:53

Madonna S.A.: em 33 anos de estrada a material girl vendeu mais de R$ 5 bi em ingressos

Madonna || Créditos: Getty Images

As 60 primaveras que Madonna comemora nesta quinta-feira com uma festa de arromba em Marrakech – e mais em alta do que nunca, diga-se de passagem – não são o único número mágico da carreira dela. Desde que caiu na estrada com a turnê “The Virgin Tour”, em 1985, a material girl acumula nada menos que US$ 1,4 bilhão (R$ 5,46 bilhões) em ingressos vendidos, o que a torna a artista solo de maior sucesso financeiro em toda a história. De maneira geral, Madge só fica atrás de grupos como os Rolling Stones e o U2 nesse quesito.

Com uma fortuna pessoal estimada entre US$ 590 milhões (R$ 2,3 bilhões) e US$ 800 milhões (R$ 3,12 bilhões), ela sempre faturou alto com os shows que fez mundo afora, mas também se deu muito bem investindo em moda (lembra da parceria dela com a fast-fashion sueca H&M, que gerou receitas de € 65 milhões/R$ 288,6 milhões só em 2006?), e como empresária de entretenimento, já que sua produtora Maverick chegou a figurar entre as mais importantes do mundo musical nos anos 1990 e representou artistas como Britney Spears e Andrea Bocelli.

A intérprete de hits que marcaram época como “Like a Virgin” e “Vogue” deixou o negócio em 2004, um ano antes de assinar um mega-contrato de US$ 120 milhões (R$ 468,1 milhões) para ser representada pela Live Nation que mais uma vez a colocou no olimpo do showbiz. E isso tudo sem falar nos mais de 300 milhões de discos que ela vendeu, claro, outro recorde que lhe rendeu uma menção no “Guinness World Records” como a mulher mais bem-sucedida da indústria musical. Sua mais nova empreitada é a marca de cosméticos MDNA Skin, com a qual competirá de igual para igual com Kylie Jenner e Rihanna.

Madonna nunca escondeu o orgulho que tem por todos esses números e cifras, não apenas por não terem precedentes entre seus pares mas sobretudo pela simbologia “empoderadora” que têm – poucas mulheres foram tão longe em Hollywood. E o segredo dela para conquistar tanto sucesso? “Eu me mudei pra Nova York com um sonho: eu queria ser uma grande estrela. Eu não conhecia ninguém. Eu só queria dançar e cantar e fazer todas essas coisas. Eu queria fazer as pessoas felizes, ser famosa. Queria ser amada e ser uma estrela. Eu trabalhei muito duro e conquistei tudo isso”, a popstar disse certa vez sobre o caminho que trilhou para chegar lá. Simples assim. (Por Anderson Antunes)