16.11.2015  /  9:14

Madonna interrompe show com discurso e choro pelos atentados de Paris

Madonna: comoção || Créditos: Reprodução / YouTube
Madonna: comoção || Créditos: Reprodução / YouTube

Um dia depois dos atentados de Paris, Madonna interrompeu seu show nesse sábado em Estocolmo, capital da Suécia, para homenagear as vítimas do terrorismo na capital francesa. Foram quase sete minutos de discurso, que fez em meio a lágrimas. “Tenho que aproveitar este momento para abordar a tragédia, as trágicas mortes, os assassinatos, o fim absurdo de vidas preciosas, ontem à noite, em Paris”, disse ela. “Está muito difícil fazer este espetáculo porque me sinto dilacerada e dividida. Por que razão estou aqui dançando e me divertindo quando há pessoas que choram pela perda dos seus entes queridos?”, desabafou.

Madonna admitiu que o seu primeiro pensamento foi cancelar o show, assim como aconteceu com o Foo Fighters e com o U2, que adiaram suas apresentações na Europa. Mas a popstar disse que não podia ceder às ações de terroristas, não podia permitir que eles a parassem. “Porque é isso que eles querem: querem nos calar, querem nos silenciar e nós não vamos deixar!”, concluiu, provocando uma reação emocionante no público.

No discurso, Madonna ainda falou dos que não têm respeito pela vida, dos que atentam contra a liberdade e outros valores preciosos e terminou afirmando que só o amor incondicional, mesmo por aquilo que não compreendemos, por aquilo que é diferente, poderá salvar o mundo. “Temos de começar a tratar melhor uns aos outros!”, completou. No fim, ela dedicou a música “Like a Prayer” para todas as vítimas do atentado. Confira o vídeo.