29.07.2020  /  9:52

MacKenzie Bezos doa R$ 8,6 bi para a caridade e aproveita a ocasião para comunicar ‘troca’ de nome

MacKenzie Scott || Créditos: Reprodução

Cumprindo o que havia prometido em maio do ano passado, MacKenzie Bezos anunciou nessa terça-feira que doou US$ 1,67 bilhão (R$ 8,6 bilhões) para várias entidades de caridade dos Estados Unidos nos últimos anos. Em um comunicado que divulgou, a ex mulher de Jeff Bezos explicou que escolheu apoiar financeiramente ONGs de nove áreas distintas porém todas importantíssimas: as que lutam pela igualidade entre os gêneros, pelos direitos da população LGBTQ+, por maior mobilidade econômica, pela conscientização de valores como empatia e diminuição de divisões, pela democracia funcional, pelos sistemas de saúde públicos, pelo desenvolvimento global e pelo controle das mudanças climáticas.

A que maior recebeu recursos dela até agora foi uma ligada à primeira área descrita para a escritora enviou cheques que totalizam US$ 586,7 milhões (R$ 3,01 bilhões). MacKenzie se tornou membro do “The Giving Pledge”, o “clubinho formado por bilionários de vários lugares e fundado e 2010 por Bill Gates e Warren Buffett que só permite novos integrantes dispostos a doarem pelo menos a metade de suas fortunas ainda em vida, tão logo recebeu de Bezos os 4% da Amazon, a gigante do e-commerce fundada por ele, que recentemente a tornaram a mulher mais rica do mundo.

A propósito, MacKenzie assinou o comunicado em que enumera suas últimas boas ações com seu nome de solteira: MacKenzie Scott, e aproveitou a ocasião para dizer que é assim que quer ser tratada pela imprensa e por todos a partir de agora, deixando claro que quer deixar sua própria marca no mundo. (Por Anderson Antunes)