07.08.2016  /  12:50

Luiza Brunet usa rede social para comemorar 10 anos da Lei Maria da Penha

luiza-nota
Luiza Brunet em vídeo em que presta apoio à lei Maria da Penha || Créditos: Reprodução Instagram

Luiza Brunet, que passa por um momento tribulado por conta da denuncia que fez contra seu ex-companheiro, Lirio Parisotto, de agressão física, já dá sinais de página virada e, mais determinada ainda, começa a lutar pelos direitos femininos. Neste domingo, data em que é comemorado os 10 anos da criação da lei Maria da Penha, ela foi ao Instagram reforçar seu apoio à causa. “Bom dia, que mais mulheres possam ter justiça no nosso país. Dez anos da lei Maria da Penha e coragem pra mudar. Um beijo”, disse (vídeo abaixo).

Em tempo: no início de julho, Luiza Brunet entrou com um ação contra o empresário alegando ter sido vítima de apressão física em maio, enquanto estavam em Nova York. Segundo o relato, Luiza teve que voltar às escondidas para o Brasil após sofrer uma série de agressões. “É doloroso ter que me expor dessa maneira. Mas criei coragem, perdi o medo e a vergonha por causa da situação que nós, mulheres, vivemos no Brasil”, disse Luiza na época. No dia 28 de julho, Parisotto se tornou réu em processo após o Tribunal de Justiça de São Paulo aceitar a denúncia feita pelo Ministério Público no caso de agressão contra a atriz.

A lei foi sansionada no dia 7 de agosto de 2006 e que entrou em vigor no dia 22 de setembro. No Brasil, segundo dados da Secretaria de Política para Mulheres, uma a cada cinco mulheres é vítima de violência doméstica – 80% dos casos cometidos por parceiros e ex-parceiros.

Dia especial . #10AnosLeiMariaDaPenha #CoragemPraMudar #institutoavon @institutomariadapenha

Um vídeo publicado por Luiza Brunet ❤️ (@luizabrunet) em