02.12.2016  /  12:27

Lucinha Araújo inaugura estátua de Cazuza no Rio e diz: “É a cara dele”

img_0113
Escultura de Cazuza: despojada como ele || Créditos: Glamurama

Cazuza ganhou uma estátua de bronze na praça que leva seu nome, no Baixo Leblon, na noite dessa quinta-feira. Com show de Teresa Cristina cantando Cazuza, a obra foi inaugurada na presença da mãe do cantor, Lucinha Araújo. “Cazuza voltou ao Baixo Leblon, o que para mim é uma felicidade. Ele merece. Foi uma pessoa muito legal e adorava o bairro, foi o lugar certo”, disse ao Glamurama.

Lucinha ainda explicou que a pose da estátua – deitada – é a síntese do que foi o cantor: “Todo mundo é representado de pé ou sentado. Mas escolhemos uma foto dele deitado em num carro, bem relax. Devia ser algum carro qualquer que estava na rua e ele tirou a foto. É a cara dele”.

Sobre a morte prematura do cantor aos 32 anos, Lucinha desabafou: “Cazuza era uma pessoa surpreendente. Por isso ele foi tão cedo. E não tem ninguém igual a ele. Pode até ter alguém melhor, mas igual, não. E eu só guardo as lembranças boas. As ruins, da época em que ele ficou doente, eu esqueci. Só lembro do filho carinhoso e do amigo maravilhoso que ele foi”.

*

A escultura levou cerca de três meses para tomar forma e foi feita pela artista Christina Motta em seu ateliê em Búzios, litoral do Rio. Além de Cazuza, outras personalidades também foram imortalizadas no Rio, como Tom Jobim, Dorival Caymmi, Drummond, Pixinguinha, Noel Rosa, Michael Jackson e, mais recentemente, Clarice Lispector. Abaixo, Teresa Cristina cantando “Mais Feliz”, na inauguração da estátua.