16.01.2020  /  12:56

Lizzo está prestes a desembarcar no Brasil, e está mais que na hora de você conhecer melhor a rapper e ativista americana

Lizzo fará pocket show reservado no Rio de Janeiro / Crédito: Instagram

Lizzo virá ao Brasil pela primeira vez em fevereiro para um pocket show exclusivo no Rio de Janeiro, e já estamos ansiosos para acompanhar a passagem da cantora em solo nacional. A rapper americana de 31 anos é líder de indicações ao Grammy deste ano, concorrendo em oito categorias, incluindo as três principais: Álbum do Ano, Música do Ano e Gravação do Ano.

Por essas e outras, não dá para não saber quem é Lizzo, que estourou em 2019 com a música “Truth Hurts”. Além de cantora, ela é ativista da causa negra, feminista e conta a gordofobia. A seguir, algumas lições que precisamos aprender com Lizzo.

Mulheres são deusas

Lizzo sempre aproveita suas entrevistas para falar sobre feminismo, e como a sociedade coloca as mulheres umas contra as outras, quando deveria ser o contrário. “Quando as mulheres eram adoradas como deusas, alguém sempre teve problemas com isso e tentou nos impedir de sermos deusas. Especialmente na cultura ocidental, existem dispositivos reais no esforço de manter as mulheres separadas e intimidadas, e em concorrência entre si. Especialmente no hip hop. Os homens ainda dominam a indústria da música e empresas americanas, mas quando nos encontramos e ficamos juntas, é incrível. Eles não podem nos quebrar”, disse para o Austin360.

Todo corpo é lindo

Outro assunto muito abordado por Lizzo é amor próprio. A cantora não tem medo de vestir o que quer e muito menos mostrar o corpo mesmo ainda estando fora dos padrões de beleza impostos pela sociedade. Ao contrário, ela motiva outras meninas negras e ‘plus size’ a se amarem e serem livres. Nas redes sociais, Lizzo sempre posta fotos de biquíni, lingerie, ou completamente nua. Uma de suas músicas mais famosas, ‘Juice’, fala justamente sobre autoestima: “Se eu estou brilhando, todo mundo tem que brilhar”. Perfeita!

Paciência é tudo

A possível ‘Canção do Ano’ do Grammy Awards, “Truth Hurts”, não foi lançada em 2019, e sim em 2017. Em entrevista, Lizzo falou sobre como a indústria da música funciona. “É a construção mais lenta de todos os tempos”, disse ela à CBS em outubro. “Fiz tantas turnês, mas ninguém sabia quem eu era até este ano. Mas eu seria capaz de manter esse tipo de sucesso no mainstream 10 anos atrás? Claro que não! Precisava desses 10 anos. Me sinto como uma mestre.”

A moda é do seu jeito

Seja no tapete vermelho ou nas redes sociais, Lizzo sabe como surpreender na hora de se vestir. A cantora chamou a atenção ao aparecer com uma bolsa minúscula no ‘American Music Awards’ e é a rainha das combinações extravagantes, que a transformaram em um ícone da moda. Nós amamos!