21.09.2020  /  11:44

Livro sobre o New England Patriots traz história inusitada do dia em que o dono do time flagrou Gisele Bündchen nua. Aos detalhes!

Brady e Bündchen com Robert Kraft, o dono do Patriots || Créditos: Reprodução

Adicionem “cupido de cartola do futebol americano” à vasta lista de habilidades de Gisele Bündchen. Bff de Robert Kraft, o todo-poderoso dono do New England Patriots – time no qual Tom Brady jogou durante 20 anos – a supermodelo exerceu um papel fundamental quando Kraft estava cortejando a atriz Ricki Lander, com quem o empresário dos esportes de 79 anos viveu um romance de seis anos que chegou ao fim em 2018.

Segundo Jeff Benedict, autor do novo livro “The Dynasty”, sobre a trajetória do Patriots, Lander deu de cara com a brasileira quando entrou desavisada em um dos quartos do apartamento que Kraft, cuja fortuna é estimada em US$ 6,6 bilhões (R$ 35,9 bilhões), tem no antigo hotel The Plaza de Nova York, ocasião em que a flagrou deitada completamente nua em uma cama de massagem – o que aparentemente lhe causou uma boa impressão dele.

“A Gisele de cara disse algo como ‘não se preocupe, ele é amigo do meu marido’, e a partir dali a Ricki concluiu que sua relação com Robert tinha tudo pra ser divertida”, Benedict conta em sua obra. Ironia do destino, Kraft e Lander acabaram se separando na mesma época em que o bilionário foi acusado de pagar pelos serviços de prostitutas em uma casa de massagens da Flórida, o que jura de pés juntos jamais ter feito. (Por Anderson Antunes)