12.06.2017  /  13:08

Livro relata que Diana tentou suicídio e passou a lua de mel lendo livros

Diana e Charles || Créditos: Getty Images
Diana e Charles || Créditos: Getty Images

Parece que a rainha Elizabeth II tem um novo escândalo para abafar: uma edição comemorativa do livro “Diana: Her True Story”, do jornalista Andrew Morton, é o assunto do dia no país. Não por acaso, já que a obra, que é sempre atualizada a cada edição, agora contém transcrições de fitas que a princesa Diana gravou no início dos anos 1980, logo depois de se casar com o príncipe Charles, nas quais relata sua rotina dentro dos palácios reais.

De tão polêmicas, as revelações já estão sendo comparadas à abdicação de Eduardo VIII, em 1936, algo que abalou a monarquia na época. Nas fitas, Lady Di fala sobre sua bulimia e a maneira como a família real teria tratado o problema, com total indiferença. Ela também menciona o affair de Charles com Camilla Parker Bowles, que afirma ter começado bem antes deles subirem ao altar, em 1981.

A parte mais delicada das fitas, no entanto, é aquela na qual a princesa detalha os momentos seguintes do “casamento do século”, quando afirma que chegou a tentar o suicídio e até cortou os pulsos. Ela também contou que passou a lua de mel lendo livros do escritor sul-africano Laurens van der Post e, como “tarefa”, discutia o conteúdo das obras em almoços com Charles.

Em tempo: o livro de Morton foi publicado pela primeira vez em 1992, e ao longo dos anos ganhou edições especiais com novas informações adicionadas pelo jornalista. A nova edição, que está sendo publicada em fascículos pelo “The Daily Mail” desde a última sexta-feira, é a que contém a transcrição das fitas. (Por Anderson Antunes)