13.07.2018  /  12:18

Linha de vinhos inspirada em personagens de “The Handmaid’s Tale” causa protestos nos EUA

Elisabeth Moss em cena como Offred || Créditos: Divulgação

Alguém achou que lançar uma linha de vinhos inspirados nas três principais personagens de “The Handmaid’s Tale” seria uma ótima ideia, #sqn. Anunciada pelo site americano “Lot18.com”, especializado em vinhos nobres, a novidade a ser produzida na região francesa de Pays-d’Oc traria versões de Pinot noir com complementos de cereja, cassis e cogumelo batizadas Ofglen, Offred e Serena Joy – respectivamente interpretadas por Alexis Bledel, Elisabeth Moss e Yvonne Strzechwksi.

Coincidentemente, o presidente Donald Trump havia indicado na véspera o juiz de extrema direita Brett Kavanaugh para a Suprema Corte dos Estados Unidos, e usuários do Twitter acabaram ligando uma coisa à outra para protestar contra as bebidas temáticas. Vale a explicação: pra quem não acompanha “The Handmaid’s Tale”, a atração é inspirada no livro homônimo de Margaret Atwood, ambientada em um futuro distópico no qual mulheres férteis são propriedade do Estado e a Constituição americana é substituída pela Bíblia, entre outras barbaridades.

No microblog, muita gente achou que pegar carona numa trama dessas para lançar um produto de apelo estritamente comercial não cai nada bem, ainda mais em um momento no qual grupos conservadores se aproximam cada vez mais do poder. Diante dos protestos que o caso rendeu, o Lot18.com e os estúdios MGM, que produz ‘The Handmaid’s…” e seria sócio na empreitada enóloga, vieram a público para informar que decidiram abortar os planos de seguir adiante com a parceria. Menos mal… (Por Anderson Antunes)

Uma imagem promocional dos tintos que causaram polêmica || Créditos: Reprodução