27.09.2015  /  9:46

Levy arregala os olhos com ideia para engordar os cofres públicos

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy ||  Créditos: Agência Brasil
O ministro da Fazenda, Joaquim Levy ||Créditos: Agência Brasil

Joaquim Levy foi informado em jantar na semana passada em Brasília que uma alternativa ao pacote fiscal – que prevê cortes de gastos de R$ 26 bilhões – seria apostar na mediação de conciliações nos processos de execução fiscal, modo como a União cobra na Justiça créditos devidos aos cofres públicos por contribuintes inadimplentes. O ministro da Fazenda arregalou os olhos quando informado que só no Tribunal Regional Federal da 3ª Região, que engloba São Paulo e Mato Grosso do Sul, a União tem R$1 trilhão a receber em execuções fiscais. De quebra, a medida aliviaria gastos do ministério da Fazenda da ordem de R$ 68 bilhões por ano com a manutenção de processos judiciais. (Por Paula Bonelli)