21.05.2016  /  12:27

Leonardo DiCaprio é criticado por voar de jatinho particular poluente

604358411RH00189_EE_British
Leonardo DiCaprio || Créditos: Getty Images

Leonardo DiCaprio está sendo muito criticado nos Estados Unidos. O motivo? Com a agenda cheia nesta semana, o ator recebeu um prêmio na quarta-feira, em Nova York, da ONG Riverkeeper, dedicada à proteção do Hudson River e da qual ele é um dos maiores apoiadores. Menos de 24 horas depois ele estava em Cannes, onde roubou as atenções ao participar do gala do amfAR Against Aids e até leiloou uma semana de férias – para 12 pessoas – em sua casa em Palm Springs.

O problema é que Leo viajou dos Estados Unidos para a Europa no curto período a bordo de um jatinho particular, justamente um dos meios de transporte mais criticados pelos “verdes”, já que o combustível dos aviões é altamente prejudicial ao meio ambiente. Seus críticos dizem que ele deveria ter optado por um voo de carreira, onde o impacto poluente é dividido entre vários passageiros. A assessoria do ator afirmou ao “New York Post” que ele pegou carona no jatinho de um amigo que tinha o mesmo destino, e só fez isso porque foi a única forma de marcar presença nos dois eventos.

Vale lembrar: Leo anunciou em janeiro deste ano, durante evento no Fórum Econômico Mundial de Davos, na Suíça, uma doação de US$ 15 milhões (R$ 52,8 milhões) para várias causas ligadas ao meio ambiente. O dinheiro será investido por meio da fundação dele, que leva seu nome. (Por Anderson Antunes)