10.10.2017  /  12:47

Lena Dunham pede que os homens poderosos de Hollywood se posicionem contra Harvey Weinstein

Lena Dunham e Harvey Weinstein: Hollywood em polvorosa! || Créditos: Getty Images

Depois que o cofundador da The Weinstein Company, Harvey Weinstein, teve sua demissão anunciada por causa das acusações de assédio sexual, a atriz e roteirista Lena Dunham, que revelou já ter sido vítima de assédio, está pedindo mais atitude dos homens de Hollywood sobre o caso.

Muitas mulheres se posicionaram, incluindo Meryl Streep, Glenn Close, Jennifer Lawrence, Judi Dench e, entre os homens, apenas George Clooney se pronunciou sobre a má conduta de Weinstein. “No ano passado, fui assediada sexualmente por um diretor de um programa e, ao questionar o que estava acontecendo, tive que entender que essa atitude era normal. É esse tipo de comportamento que normaliza o abuso de poder”, contou ela ao “The New York Times”.

Em comunicado oficial, Lena escreveu: “As acusações contra o Sr. Weinstein são claramente delineadas e completamente horripilantes, difíceis de contestar ou ignorar. Eu realmente esperava que os homens poderosos de Hollywood demonstrassem uma recusa coletiva e tomassem partido contra o que está acontecendo. Estamos esperando que os colaboradores mais poderosos do Sr. Weinstein digam algo. Qualquer coisa. Não seria apenas um presente para as mulheres que ele vitimou, mas uma mensagem para as mulheres que estão vigiando nossa indústria de perto. Elas precisam de um sinal de que o abuso de poder e o ódio não é tolerado”, finalizou. Recado dado!