Leilão do amfAR arrecada bem menos que o esperado. Os detalhes, aqui!

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
0
Fernanda Torres e Mariana Ximenes, Giovanna Antonelli e Linda Evangelista

Fernanda Torres e Mariana Ximenes deram tudo de si comandando o leilão beneficente do baile de gala da amfAR, essa sexta-feira no Copacabana Palace, no Rio. “Primeiro, vamos explicar as regras. Se você ganha a disputa, você deve. Não pode se arrepender e desistir. E o preço é em dólar, tá? Já vi a Sharon Stone fazendo isso em outro evento e vou imitar. Veja só essa maravilhosa joia”, disse Fernanda, empostando a voz.

* O primeiro item era um brinco de ouro, diamante e cristal de rocha de Silvia Furmanovich, que também assina os braceletes oferecidos como mimo a todos os presentes. “Vale US$ 21 mil”, avisava Mariana. Saiu por US$ 15 mil. E as barganhas continuaram. Uma peça de Ernesto Neto, que estaria avaliada em US$ 5o mil, saiu por US$ 35 mil, mesmo montante do arremate  do brinco Cometa, de Jack Vartanian. Uma escultura de Francisco Brennand, que estaria custando no mercado cerca de US$ 50 mil, saiu por US$ 16 mil. Quem levou foi a jornalista Suzana Galdeano, namorada do leiloeiro da noite, Horácio Ernani. Uma oportunidade e tanto!

* Supervalorizado mesmo ficou um pacote incluindo uma viagem com acompanhante à França em classe executiva, uma noite no Château de Saran, a casa da família Moët em Epernay, e ingressos vips para a abertura do torneio Roland Garros de 2014, além de uma garrafa de três litros do champanhe Moët & Chandon Imperial Gold-Leaf Jeroboam, que Linda Evangelista assinou ali na hora para ajudar a aumentar os lances, que chegaram a US$ 30 mil. A foto “Love”, de Roberto Dutesco, que vinha junto com uma edição especial do livro “The Wild Horses of Sable Island”, autografada pelo artista, ficou por US$ 34 mil. Giovanna Antonelli estava na disputa, mas acabou abrindo mão. A última peça a ser anunciada, um brinco de esmeraldas, ouro negro e diamantes de Carla Amorim, saiu por US$ 30 mil. Somando tudo, dá US$ 195 mil. A meta, segundo Linda, era arrecadar US$ 1 milhão. Era muito otimismo dela, foi “pão-durice” dos convidados ou uma combinação dos dois? De qualquer forma, a ONG Pela Vidda, entidade escolhida para receber doações, agradece, e muito.

* Em tempo: sabe quem ofereceu um after party? Lenny Niemeyer, claro. Pela casa da estilista, na Lagoa, passaram Adriana Barra, Oskar Metsavaht, Preta Gil, Carolina Dieckmann, Mariana Ximenes, Candé Salles, Diógenes Queiroz e mais uma turma.

Kenneth Cole, presidente do conselho da amfAR