13.12.2018  /  9:36

Leilão de objetos pessoais de Marilyn Monroe arrecadou mais de R$ 6 milhões. Aos detalhes!

Marilyn Monroe em sua cena mais famosa || Créditos: Getty Images

Realizado na última terça-feira, um leilão de objetos pessoais atribuídos a Marilyn Monroe levantou mais de US$ 1,6 milhão (R$ 6,2 milhões), conforme anunciado nesta quarta-feira pela empresa que orquestrou as vendas, a americana Profiles in History. O item mais disputado foi o icônico vestido branco que a eterna estrela de Hollywood usou em “O Pecado Mora ao Lado”, filme de 1955, na cena em que se posiciona sobre uma grelha de passagem de ar do metrô de Nova York e precisa segurá-lo com as mãos por causa do vento que vem de baixo.

Considerada uma das mais clássicas de toda a história do cinema, a peça desenhada por Bill Travilla foi arrematada por US$ 120 mil (R$ 462,2 mil). Já um autógrafo da sex symbol mais famosa de todos os tempos, dedicado ao executivo da 20th Century Fox Ben Lyon, recebeu um lance vencedor de US$ 45 mil (R$ 173,3 mil). Lyon foi quem escolheu o nome artístico de Monroe (que assinava Norma Jeane Mortenson), fato reconhecido pela atriz em um pedacinho de papel no qual ela escreveu “você me achou, me nomeou, e acreditou em mim”. (Por Anderson Antunes)