23.09.2018  /  9:00

Ledusha Spinardi reúne poemas inéditos em “Lua na Jaula”, seu novo livro

Ledusha Spinardi e a capa de seu novo livro, “Lua na Jaula” || Créditos: Divulgação

“aos vinte um acinte / aos trinta um açoite / aos quarenta – é noite? / aos cinquenta o requinte / aos sessenta arrebenta / que só vero ouro tilinte”, escreve Ledusha Spinardi no poema que dá o start para “Lua na Jaula”, seu novo livro. A publicação coloca fim no hiato de seis anos da poetisa, que lançou em 2012 “Notícias da Ilha: (31 anos de Poesia)”, e promete momentos intensos ao leitor com escrita leve que nos transporta para o Rio de Janeiro dos anos 1970 a meados dos 1980, muito bem vividos por ela que atualmente mora em São Paulo, e é a criadora da antológica frase “Prefiro Toddy ao Tédio”, imortalizada por Cazuza.

Além de retomar o trabalho que a fez referência para tantos autores em 125 poemas inéditos, Ledusha faz uma imersão em diferentes fases da vida e apresenta novas facetas de sua produção com intensos depoimentos sobre o tempo, a memória, a maturidade e a própria poesia.

O livro ganha lançamento nesta quinta-feira, a partir das 19h30, na Livraria da Vila da Fradique Coutinho, em São Paulo, e está à venda por R$ 41,90 no site da Saraiva. Ledusha Spinardi nasceu em Assis, São Paulo, em 1953. Poeta e tradutora, publicou os livros “Risco no Disco”, “Finesse & Fissura”, “40 Graus”, “Exercícios de Levitação” e “Notícias da Ilha”.