10.08.2018  /  7:20

Ladrões roubam mais de US$ 2,3 mi em joias de Daddy Yankee, o rapper de “Despacito”

Daddy Yankee || Créditos: Getty Images

Daddy Yankee, um dos nomes por trás do hit “Despacito”, teve um prejuízo de US$ 2,3 milhões (R$ 8,7 milhões) durante uma viagem recente que fez a Espanha. Hospedado no Meliá Valencia de Valência, na costa sul do país europeu, o rapper porto-riquenho teve o cofre de seu quarto arrombado na última terça-feira por um homem que se passou por membro de seu estafe e que deixou o hotel sem nenhum transtorno com as joias e o dinheiro que ele mantinha guardados no local a tiracolo.

Logo que deu falta de tudo, Yankee – cujo nome verdadeiro é Ramón Luis Ayala Rodríguez – chamou a polícia de lá e também contratou um detetive particular para cuidar do caso. A suspeita é de que o gatuno responsável pelo furto estudou muito bem a rotina dele, e sabia que o músico tem o costume de sempre alugar dois quartos: um para se hospedar e outro apenas para guardar seus pertences. O palco do crime foi justamente este último.

Conhecido como o “rei do reggaetón”, um estilo musical que mistura batidas de hip hop com reggae, Yankee já vendeu mais de 20 milhões de discos e é um dos maiores nomes do showbiz latino. Mas a fama global só veio mesmo com “Despacito”, colaboração dele com Luis Fonsi lançada no começo de 2017 e mais tarde remixada por Justin Bieber, sendo que a versão do astro pop canadense foi uma das mais tocadas mundo afora no ano passado. (Por Anderson Antunes)