01.08.2017  /  14:28

Kim Kardashian é processada em US$ 100 mi por causa de capinha de celular

Kim Kardashian || Créditos: Reprodução/Instagram

Rainha das selfies, Kim Kardashian é alvo de um processo de US$ 100 milhões (R$ 311,8 milhões) por causa de uma foto de si mesma que postou no Instagram meses atrás. Glamurama explica: é que a reality star aparece na imagem com seu iPhone em punho e protegido por uma capinha luminescente produzida pela LuMee, com a qual ela mantém uma parceria, mas cuja patente pertence desde 2013 à Snap Light, que é a autora da ação judicial.

Os advogados da Snap Light afirmam que o post de Kim atrapalhou a estratégia da empresa, a maior concorrente da LuMee nos Estados Unidos, e que incluía desde o licenciamento até a venda direta da capinha. Isso porque o perfil dela no Instagram é considerado um dos mais influentes do aplicativo e, em razão de tamanha popularidade, resultou em uma proliferação de cópias não autorizadas do produto.

A cifra que eles pedem na justiça seria para cobrir os prejuízos causados pelo post. Outra que passa por situação similar é a irmã de Kim, Khloé Kardashian. Como Glamurama contou em abril, a modelo também está sendo processada por ter postado no Instagram uma foto cujos direitos autorais pertencem à agência de paparazzi Xposure Photos UK, do Reino Unido. Só que no caso de Khlóe a indenização em jogo é de apenas de US$ 150 mil (R$ 467,7 mil). (Por Anderson Antunes)