HOLLYWOOD, CA – FEBRUARY 28: Actors Leonardo DiCaprio (L) and Kate Winslet attend the 88th Annual Academy Awards at Hollywood & Highland Center on February 28, 2016 in Hollywood, California. (Photo by Jason Merritt/Getty Images)

Kate Winslet e DiCaprio salvam paciente de câncer em fase terminal

7 Compartilhamentos
7
0
0
0
0
0
Leonardo DiCaprio e Kate Winslet || Créditos: Getty Images

Anualmente, no verão europeu, Leonardo DiCaprio reúne figuras poderosas em um gala beneficente em Saint Tropez, na França, em que toda a renda obtida com a venda de convites para o jantar e um leilão com peças diversas, que ocorre na noite, são destinados à fundação que leva seu nome. A ONG do ator tem como foco proteger a terra das mudanças climáticas e problemas ambientais. Na última edição do gala, realizado em julho de 2017, DiCaprio decidiu adicionar uma nova iniciativa de caridade ao projeto, que foi abraçada por sua melhor amiga e companheira de “Titanic”, Kate Winslet.

Pois bem. Batizada GoFoundMe, a campanha foi criada para ajudar Gemma Nuttall, jovem britânica de 29 anos a pagar o tratamento de um câncer de ovário que foi diagnosticado após o nascimento de sua filha, em 2013, mas que já estava em estágio avançado. O caso chamou a atenção especial de Kate, já que sua mãe também sofreu com a doença. Quando foi dado a Gemma uma expectativa de vida, que poderia variar entre seis e doze meses, a atriz decidiu intervir e encontrar uma forma de arrecadar o dinheiro necessário para o tratamento da moça.

Meses se passaram e nessa segunda-feira a atriz contou uma novidade e tanto em entrevista ao programa de TV “This Morning”. “Foi incrível”, falou sobre a arrecadação conquistada para a campanha. “Inicialmente tínhamos conseguimos cerca de 200 mil libras (R$ 910 mil), e foi nesse momento pensei: ‘certo, é hora de ligar para meu amigo Leo.”

E foi isso que ela fez. “Eu liguei para Leo e perguntei se ele achava que poderíamos fazer um jantar beneficente ou algo do tipo. Ele aceitou na hora e sugeriu leiloar um jantar com Jack e Rose durante o seu evento.”

Não precisamos dizer que foi um sucesso, que a arrecadação chegou a cerca de 1 milhão de libras (R$ 4,5 milhões) e o tratamento deu resultados pra lá de positivos. “Acho que há uma verdadeira manchete aqui: que coisas boas podem ser feitas mesmo quando há um prognóstico ruim”, afirmou a atriz, que ainda completou: “Apenas pensei que não poderia deixar algo ruim acontecer e que minha própria mãe ficaria incrivelmente orgulhosa se pudesse fazer isso por outra pessoa, por outra jovem mãe.”

Glamurama explica o caso de Gemma Nuttall: A gravidez e a descoberta da doença aconteceram em 2013, e Gemma chegou a ficar livre da doença durante um ano, até descobrir um nódulo na parte de trás da cabeça que, segundo os médicos, já estava no quarto estágio da doença. O tumor não poderia ser completamente removido por causa de sua posição e, poucos meses depois da cirurgia, Gemma descobriu oito novos tumores espalhados por sua cabeça enquanto fazia radioterapia.

Os médicos disseram que nada mais poderia ser feito a ela. Foi quando Gelen Sproates, mãe de Gemma, pensou em uma alternativa: tratamento de imunoterapia, disponível em uma clínica chamada The Hallwang, na Alemanha. Seriam necessárias seis sessões do tratamento ao custo de 70 mil libras (R$ 318 mil) cada. A primeira etapa foi paga com a venda da casa. Na sequência, ela criou uma página na internet para cobrir o restante. Foi quando Kate Winslet soube da história e decidiu ajudar.

Em novembro, dois meses depois de terminar o tratamento, ela fez uma “varredura” no The Christie, clínica de tratamento de câncer em Manchester, na Inglaterra. Foi quando teve a melhor notícia: estava livre do câncer. No mesmo mês, Kate foi premiada pelo Actors Inspiration Award da Screen Actors’ Guild pelo sua ação social e ajuda no tratamento de Gemma.