02.09.2020  /  9:36

Kanye West revela ter gasto quase R$ 270 mi só em 2019 para realizar seus cultos dominicais

Kanye West || Créditos: Reprodução

Na mesma entrevista em que declarou ser mais rico que Donald Trump, e na qual também garantiu que sua corrida independente pela Casa Branca é coisa muito séria, Kanye West também revelou ter gasto US$ 50 milhões (R$ 269,9 milhões) só no ano passado para a produção de seus “Sunday Services”, os cultos dominicais matutinos que o marido de Kim Kardashian ministra desde a Páscoa de 2019 em uma igreja evangélica de Salt Lake City, no estado americano de Utah, e que desde então atraem multidões e por vezes até famosos de alto calibre como Brad Pitt e Justin Bieber.

De acordo com o rapper, que citou a cifra durante a gravação de um episódio recente para o podcast “Cannon’s Class”, apresentado por Nick Cannon, o dinheiro teria saído dos royalties que ele recebe da Adidas pela venda dos produtos de sua marca Yeezy que desenha para a gigante esportiva. “Gastei tudo isso com os musicais, com os voos de ida e volta para todos de minha equipe… Ao invés de gastar com campanhas comerciais, investi na ideia de espalhar o evangelho”, West contou no bate papo com o ex de Mariah Carey.

Sobre suas intenções políticas, o dono do hit “Stronger” desmentiu os rumores de que sua candidatura à presidência dos Estados Unidos teria sido combinada para distrair os eleitores em favorecimento ao presidente Donald Trump, que disputa a reeleição e é seu antigo aliado. “Entrei [na eleição] pra ganhar”, West afirmou. A propósito, o rei do hip hop e bilionário dos sneakers tem uma fortuna estimada em US$ 1,3 bilhão (R$ 7 bilhões), equivalente a US$ 800 milhões (R$ 4,32 bilhões) a menos do que o montante atribuído ao atual chefe do executivo americano. (Por Anderson Antunes)