Balenciaga retorna à semana de alta-costura com desfile badalado e presença de Kanye West mascarado

3 Compartilhamentos
3
0
0
0
0
0
Kanye West, Lewis Hamilton e Demna Gvasalia || Créditos: Reprodução

Fã declarado da alta-costura, Kanye West fez rara aparição desde que se separou de Kim Kardashian no início de 2021, e marcou presença no desfile da Balenciaga, que aconteceu nesta quarta-feira, em Paris. Paramentado, o rapper apostou em um acessório nada convencional para assistir as criações de Demna Gvasalia, diretor criativo da marca, e ocupou lugar na concorridíssima primeira fila com uma máscara preta estampada e look all black. Quem também esteve no fashion show foi o piloto britânico de Fórmula 1 Lewis Hamilton. Nos bastidores, Kanye, Gvasalia e Hamilton foram vistos conversando e até posaram para os fotógrafos que estavam por lá.

Vale lembrar que o desfile marca a volta da Balenciaga à semana de moda de alta-costura, 53 anos depois que Cristóbal Balenciaga decidiu fechar seu ateliê. Para isso, foi construída uma passarela no salão original de couture do estilista, na Avenue George V, na capital francesa, que acaba de ser restaurado. Um momento e tanto para a maison espanhola e para os fãs da label.

Criações de Cristóbal Balenciaga versus Demna Gvasalia || Créditos: Reprodução

Com expectativas do público e da indústria da moda lá em cima, a tão esperada volta da Balenciaga à haute couture foi marcada por um encontro entre as modelagens criadas e eternizadas por Cristóbal e as paixões extravagantes de Demna. Com muitas referências ao passado da marca, a apresentação inteira aconteceu em silêncio. Isso porque até meados dos anos 70 – considerada a era de ouro da Balenciaga – os desfiles de moda não tinham música e era possível ouvir o som que os diferentes tecidos faziam em movimento.

Além do espaço e da escolha pelo silêncio, o ‘túnel do tempo’ continuou com as criações de Gvasalia, que fizeram claras referências às produções de Cristóbal, como o vestido de noiva com túnica, que apareceu pela primeira vez em 1963.

Responsável por revolucionar o streetwear que mudou a cara da moda nos últimos anos, Demna apresentou 63 looks desfilados por um casting diverso que contava com mulheres e homens de todas as idades. Ousado e irreverente como sempre, o estilista ainda trouxe o jeans e elementos da moda mais informal para cruzar a passarela da semana mais exclusiva do universo fashion, criando looks de couture inspirados no prêt-à-porter de forma surpreendente e irônica.

Criações de Cristóbal Balenciaga versu Demna Gvasalia || Créditos: Reprodução