07.10.2015  /  11:32

Julio Iglesias entra na briga pelos imigrantes e corta relações com Trump

||  Créditos: Getty Images
Julio Iglesias entra na briga contra Donald Trump || Créditos: Getty Images

Julio Iglesias cortou relações com Donald Trump e revelou que não fará mais shows nos cassinos do pré-candidato à presidência dos Estados Unidos. Em entrevista ao jornal “La Vanguardia”, da Catalunha, nesta quarta-feira, o cantor espanhol saiu em defesa dos imigrantes, depois que Trump afirmou em discurso que se for eleito expulsará todas as pessoas sem documentos do país. “Já cantei muitas vezes em seus cassinos, mas não voltarei. Ele me parece um imbecil”, disse Julio. “Acredita que pode consertar o mundo esquecendo o que os imigrantes fizeram por seu país. É um palhaço – perdão aos palhaços”, finalizou.

Segundo uma pesquisa realizada pelo Washington Post/ABC, 82% dos latinos afirmam não ter uma opinião favorável a Trump, contra apenas 15% de apoio ao pré-candidato. Julio Iglesias vendeu mais de 300 milhões de discos ao longo da carreira e acaba de lançar o álbum “México”, que segundo ele será o último de estúdio. Já os shows devem continuar por muito tempo.