Joyce Pascowitch fala sobre vida moderna no Lado B: “Olhar o outro”

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
0

 

Começou mais uma edição do Lado B na Casa Glamurama nesta terça-feira. E foi um dia especial, com palestra de Joyce Pascowitch sobre a vida moderna. Embora os assuntos que nos vêm a cabeça sobre esse tema sejam internet, redes sociais, selfies e a correria do dia-a-dia – que também foram abordados -, a questão principal levantada por Joyce foi a cidadania, a contribuição no coletivo, o olhar em volta, em torno. “A vida não vai voltar atrás, não vai ficar mansa”, afirmou a jornalista.

Mas Joyce encontra o caminho principal para a felicidade nos tempos modernos. “Olhar o outro, assim as coisas acabam acontecendo na nossa própria vida.” É tudo uma questão de ultrapassar os limites, “as nossas próprias fronteiras, ir além, buscar novas sensações”, como a viagem que Joyce fez no ano passado para Cingapura, quando teve um contato quase “antropológico” que mostrou os contrastes entre uma “modernidade estridente” e a nossa realidade aqui no Brasil.

As exigências da modernidade? Joyce tira vantagem delas: “O exercício físico é a meditação do mundo moderno, faço tudo com prazer e curiosidade.” E parece que é a curiosidade sua grande força motriz. “Sou como o coelhinho da Alice, indo e fazendo coisas, talvez sem perceber.” Mas a gente percebe e o público também, formado por amigos de Joyce, como Guto Lacaz, Felipe Veloso e Veronica Serra, que, curiosos como ela, formularam perguntas e trouxeram um pouco do jeito Joyce de pensar.

Fique de olho no Glamurama para conferir os melhores momentos deste e de outros ótimos bate-papos.