14.12.2019  /  9:00

Jeff Bezos investe em startup que produz leite a partir de repolho e abacaxi

Jeff Bezos || Créditos: Reprodução

A nova aposta de Jeff Bezos, o homem mais rico do mundo, é uma startup chilena que produz leite com a cara e o gosto da bebida mas feito a partir de repolho e abacaxi e ainda é livre de lactose, glúten, colesterol e qualquer tipo de transgênico. Batizado NotCo, o negócio recebeu recentemente um aporte de R$ 120 milhões do fundador e CEO da Amazon, que viu nele algo muito promissor. Bezos, é claro, está de olho no crescente mercado de produtos alimentícios totalmente independente de animais, e portanto tido como mais eco-friendly e sustentável que o tradicional.

No caso da NatCo, que chama seu leite de “não leite”, as vendas do produto começaram na última semana, em São Paulo, durante o evento “Natal BTG” promovido pelo banco de investimentos BTG Pactual. A empresa também oferece alternativas à maionese (feita sem ovos e tendo como ingrediente principal grão de bico) e ao sorvete (de ervilha, e sem uma gota de leite natural na receita), ambos voltados aos consumidores de países mais desenvolvidos como os Estados Unidos e outros da Europa, onde empresas com a mesma proposta ecologicamente correta estão surgindo aos montes.

A mais famosa de todas é a americana Beyond Meat, que produz carnes à imagem, semelhança e sabor das bovinas, suínas e de frango mas todas de origem vegetal, sem o abate de qualquer bicho. Com ações negociadas na bolsa de valores eletrônica NASDAQ desde abril, a Beyond Meat tem um valor de mercado atual na casa dos US$ 4,6 bilhões (R$ 18,8 bilhões, ou quase quatro vezes o que atingiu em seu IPO), conta com Bill Gates e Leonardo DiCaprio entre seus acionistas e já fechou grandes parcerias com gigantes do fast food como o Burger King e o Dunkin’ Donuts. (Por Anderson Antunes)

O “não leite” da NotCo: cara e gosto de leite, mas origem vegetal || Créditos: Reprodução