09.06.2019  /  9:00

Jeff Bezos gastou mais de R$ 300 mi na compra de vários apês em NY nessa semana. E ele quer mais!

O número 212 da Quinta Avenida de NY, onde Bezos foi às compras recentemente || Créditos: Reprodução

O homem mais rico do mundo foi às compras nessa semana: apesar de a Amazon ter desistido da ideia de construir uma sede em Nova York no começo do ano e no momento estar apenas considerando alugar um prédio já pronto por lá, o cofundador e CEO da gigante do e-commerce, Jeff Bezos, continua aumentando seu portfólio imobiliário pessoal na cidade. Na última segunda-feira, ele gastou US$ 80 milhões (R$ 311,6 milhões) dos US$ 143,4 bilhões (R$ 558,5 bilhões) que tem na conta para comprar quatro dos andares mais altos de um prédio residencial fincado em um dos melhores pontos de Manhattan, no “mini bairro” ao norte do Madison Square Park que ficou conhecido como NoMad (abreviação de “Norte do Madison”).

Não bastasse isso, Bezos também já escreveu seu nome na lista dos interessados para arrematar um tríplex no mesmo edifício localizado no número 212 da Quinta Avenida, além de estar de olho em pelos menos outros dois apartamentos que ficam imediatamente abaixo deste. O plano do bilionário seria unir tudo a fim de ter uma mansão suspensa no endereço, que está entre os mais seguros da Big Apple.

O ex de Mackenzie Bezos já tinha feito algo parecido tempos atrás, quando comprou – entre 1999 e 2012 – quatro apês no número 25 da Central Park West e logo contratou um arquiteto para convertê-los em um só, sendo que as obras ainda estão em curso e continuam sem data para acabar devido a problemas com a vizinhança no local. No caso dos recém-comprados na Quinta Avenida, Bezos aparentemente não terá esse tipo de problema, uma vez os novos vizinhos dele só querem saber de comemorar a chegada de um morador tão rico, famoso e poderoso que, apostam eles, pode ajudar a aumentar os preços de seus imóveis. (Por Anderson Antunes)