28.03.2020  /  9:00

Jeff Bezos escapou de amargar um prejuízo bilionário dias antes do estouro da crise

Jeff Bezos || Créditos: Reprodução

Jeff Bezos é mesmo um homem de muita sorte. Além das dezenas de bilhões que tem na conta e que o tornam o homem mais rico do mundo, o fundador e CEO da Amazon escapou recentemente de amargar um prejuízo daqueles. É que Bezos, que é dono de aproximadamente 12% da varejista online, vendeu cerca de US$ 3,4 bilhões (R$ 17,3 bilhões) em ações da empresa que tem capital aberto na bolsa eletrônica NASDAQ no começo de fevereiro, e portanto apenas algumas semanas antes da queda sem precedentes nos mercados de capitais resultante da crise do novo coronavírus. Só para se ter uma ideia, caso tivesse feito a operação alguns dias depois do vendaval que causou e ainda causa calafrios em muitos investidores, Bezos teria perdido algo entre US$ 300 milhões (R$ 1,53 bilhão) e US$ 400 milhões (R$ 2,4 bilhões).

Tá certo que o bilionário viu sua fatia na Amazon perder valor de qualquer jeito, mas ele sempre deixou claro que não pretende se desfazer de seu principal ativo e está confiante de que logo, logo as coisas vão melhorar. Além disso, o US$ 1 bilhão (R$ 5,1 bilhões) que ele levanta todo ano para alocar em sua empresa de aviação espacial, a Blue Origin, parece já está garantido por um bom tempo. (Por Anderson Antunes)