12.08.2020  /  12:37

Jeff Bezos desembolsa quase R$ 55 mi por casa para abrigar seus empregados e seguranças

Jeff Bezos e seu novo endereço em Beverly Hills || Créditos: Reprodução

Não satisfeito com o enorme château que comprou em Beverly Hills em fevereiro por US$ 165 milhões (R$ 904,7 milhões), Jeff Bezos desembolsou na semana passada outros US$ 10 milhões (R$ 54,8 milhões) para comprar uma residência adjacente ao seu mais novo endereço no bairro mais famoso de Los Angeles. Nesse caso, a propriedade em questão é uma casa de 428 metros quadrados de área privativa, construída nos anos 1930 porém reformada recentemente, que o homem mais rico do mundo pretende usar como base para seus empregados e seguranças.

Como Glamurama contou no começo do ano, Bezos pagou a cifra exorbitante na época pela mansão conhecida como Warner Estate, e cujo proprietário anterior era o também bilionário David Geffen. Localizado no centro de um terreno com mais de 36 mil metros quadrados de área total, o mais novo pied-à-terre hollywoodiano do fundador e CEO da Amazon tem uma fachada que lembra a da Casa Branca, um sem fim de cômodos e jardins comparáveis aos de Versailles.

Cada vez mais rico, Bezos, que vive a maior parte do tempo nos arredores de Seattle, o berço da gigante do e-commerce, tem batido ponto em LA com frequência para fiscalizar de perto a equipe que dirige a Amazon Prime Video, a maior concorrente da Netflix atualmente, que tem seu quartel-general lá. Também conta alguns pontos o fato de que a namorada dele, a sumida Lauren Sanchez, vive há anos na Cidade dos Anjos. (Por Anderson Antunes)