18.02.2021  /  11:17

Jan Koum, cofundador do WhatsApp, gasta R$ 472,1 mi para comprar propriedade vizinha ao seu château de R$ 678,2 mi

Jan Koum
Jan Koum || Créditos: Reprodução

Cerca de dois anos depois de desembolsar US$ 125 milhões (R$ 678,2 milhões) por um château localizado em Malibu, na Califórnia, Jan Koum pagou outros US$ 87 milhões (R$ 472,1 milhões) por uma residência vizinha. E o motivo que o levou a comprá-la não tem nada a ver com qualquer necessidade dele de se livrar de um vizinho chato, mas sim com o empenho do bilionário em aumentar cada vez mais seu portfólio residencial de luxo.

Cofundador do WhatsApp, que foi comprado em 2014 pelo Facebook pela bagatela de US$ 19 bilhões (R$ 103,1 bilhões), pagos em ações do site de relacionamentos e dinheiro, Koum investiu perto de US$ 500 milhões (R$ 2,7 bilhões) nos últimos anos nessas propriedades de alto padrão, a maioria localizada na Califórnia.

De origem extremamente humilde, o membro do clube dos dez dígitos nascido na Ucrânia decidiu abrir mão de participar da gestão do Face em 2018, supostamente por causa de desavenças que teve com Mark Zuckerberg, o cofundador do gigante das redes sociais. Daí pra frente, ele passa o tempo usando sua fortuna – atualmente estimada em US$ 10,1 bilhões (R$ 54,8 bilhões) – nessas compras de cifras de cair o queixo. (Por Anderson Antunes)