05.02.2018  /  16:55

J-Lo X Justin Timberlake: quem levou a melhor no milionário circo do Super Bowl

Jennifer Lopez, no detalhe, e Timberlake no palco do Super Bowl || Créditos: Getty Images

Pouco tempo depois de Justin Timberlake assumir o palco no show do intervalo do Super Bowl deste domingo, uma “fonte próxima” de Jennifer Lopez contou para o pessoal do site RadarOnline.com que a cantora embolsou US$ 1 milhão (R$ 3,24 milhões) para fazer um show na véspera em outro evento ligado à grande final da NFL, a Liga de Futebol Americano, enquanto o intérprete de “SexyBack” não foi pago nem um centavo por sua performance exclusiva, dando a entender que ela é muito melhor nos negócios do que ele. Mas não é bem assim…

Embora de fato tenha embolsado o cachê para se apresentar em uma festa de aquecimento do Super Bowl que a NFL organizou na noite de sábado em Minneapolis , J-Lo nem de longe recebeu a exposição que o colega teve em seus 15 minutos de apresentação, o que no caso específico dele pode valer muito mais do que barras de ouro. Glamurama
explica: com um disco recém-saído do forno (“Man of the Woods”, lançado nos Estados Unidos no último dia 2), Timberlake teve a chance de promover o trabalho para uma audiência de 110 milhões de pessoas, sem contar a atenção que atraiu pelas redes sociais.

Só para colocar em perspectiva, depois de se apresentarem no show do intervalo do Super Bowl de 2016, Bruno Mars e Beyoncé viram as vendas de suas músicas saltar 92% e 59%, respectivamente, o que em ambos os casos se traduz em milhões de dólares em lucros. Além do mais, estimativas apontam que a exposição gratuita em mídia que o headliner do show do intervalo do Super Bowl recebe, mesmo não levando pra casa nenhum centavo pelo métier (a NFL banca apenas custos de viagem, hospedagem e de produção) pode valer entre US$ 5 milhões (R$ 16,2 milhões) e US$ 10 milhões (R$ 32,4 milhões). Faltou a tal fonte próxima de J-Lo ter citado esses números também… (Por Anderson Antunes)