17.06.2020  /  11:42

J.Lo e Alex Rodriguez podem reconsiderar a compra do time de beisebol NY Mets por cerca de US$ 1,5 bilhão

Jennifer Lopez e Alex Rodriguez || Créditos: Reprodução

Jennifer Lopez e Alex Rodriguez até tinham desistido de comprar o New York Mets em uma transação bilionária, mas um novo investidor está tentando convencer os dois a reconsiderarem a decisão de adiar seus planos de se tornarem cartolas. Como foi amplamente noticiado em maio, J-Lo e A-Rod chegaram a manter conversas avançadas com Eric Menell, um dos principais executivos do JP Morgan Chase, sobre a possibilidade de conseguir um empréstimo com o banco de investimentos americano a fim de assumir o controle do time de beisebol, esporte no qual o ex-jogador se consagrou como um dos maiores de sua história.

Pelo menos um outro grande investidor estaria envolvido na jogada, que no caso era Wayne Rothbaum, e as cifras em jogo giravam entre US$ 1,5 bilhão (R$ 7,86 bilhões) e US$ 2 bilhões (R$ 10,5 bilhões). No fim, no entanto, todos acharam que o momento não era apropriado para assumir grandes riscos financeiros, sobretudo por causa da crise desencadeada pelo novo coronavírus, e concordaram que era melhor deixar as conversas sobre isso para outra hora.

Acontece que agora o banqueiro americano Sal Galatioto, dono do banco de investimentos Galatioto Sports Partners, está atrás do casal com uma nova proposta de aquisição do Mets, na qual entraria com US$ 250 milhões (R$ 1,31 bilhão) sozinho e o mesmo valor bancado por alguns de seus clientes. Juntando com os US$ 500 milhões (R$ 2,62 bilhões) que Lopez e Rodriguez colocariam do próprio bolso no negócio, e mais o US$ 1 bilhão (R$ 5,24 bilhões) que seria aportado por Rothbaum, chegaria-se ao suficiente para convencer a família Wilpon, dona da equipe esportiva, a se desfazer do ativo. Será que agora vai? (Por Anderson Antunes)