06.07.2020  /  13:42

J Balvin abre as portas de seu luxuoso loft e sua casa de campo na Colômbia, e fala da paixão por arquitetura: “Essa é a minha caverna particular”

J Baldin em sua casa de campo // Reprodução Instagram

Um dos maiores nomes da música latina da atualidade, J Balvin também é um ícone de estilo. Isso explica o que levou o cantor colombiano a contratar o badalado escritório de arquitetura Cinco Sólidos para projetar não apenas uma, mas as duas casas que ele usa como base. A primeira propriedade fica em Medellín, a segunda maior cidade da Colômbia depois da capital Bogotá, e é a mais usada pelo intérprete de “Mi Gente” e tantos outros hits adorados por seu público, que cresce a cada dia.

O interior do loft do cantor em Medellín || Créditos: Reprodução/Architectural Digest

Trata-se de um luxuoso e moderno loft com pé direito duplo que lembra bastante o modelo original de Nova York, piscina privativa e chão de cimento queimado. Apaixonado por moda e arquitetura, Balvin sempre quis morar em um lugar que lembrasse o tipo de moradia tão comum na Big Apple. “Essa é a minha caverna particular, na qual vibro com a arte e os traços que vejo ao meu redor”, disse ele em entrevista para a “Architectural Digest”, a “bíblia dos arquitetos”.

O refúgio campestre do popstar latino em Llano Grande || Créditos: Reprodução/Architectural Digest

A prestigiada revista americana o colocou na capa de sua última edição, com uma foto que mostra Balvin na piscina de sua segunda propriedade. Nesse caso, o paraíso particular do cantor está localizado em Llano Grande, cerca de 30 minutos de carro de Medellín. Com ares de casa de campo, o château tem inspiração escandinava e conta toques de design japonês em seu interior – inclusive as portas de papel tão comuns nas residências do Japão – e um closet repleto de sneakers, 850 pares para ser exato.

Apaixonado por moda, Balvin tem um closet cheio de sneakers || Créditos: Reprodução

O toque contemporâneo fica por conta de quadros de Josh Sperling, além de trabalhos assinados por Takashi Murakami e pelos artistas de rua americanos KAWS e WIsBe. Balvin, de 35 anos, sempre foi ligado no universo “artsy” e no começo do ano lançou uma coleção de roupas e acessórios em parceria com a Guess, razão pela qual tem sido chamado de “resposta latina” a Kanye West e Pharrell Williams, dois outros músicos que também entendem bastante de arte e arquitetura. (Por Anderson Antunes)