30.06.2020  /  16:36

Instituto Rede Mulher Empreendedora, de Ana Fontes, e Google lançam programa para ajudar 50 mil mulheres

Ana Fontes, fundadora do Irme|| Reprodução

O futuro é das mulheres! Quem manda avisar é a empresária Ana Fontes que, por meio do Instituto Rede Mulher Empreendedora (IRME), fundado por ela, junto com o Google.org, lança o programa Potência Feminina, que tem como objetivo apoiar negócios liderados por mulheres como resposta a esse cenário de crise econômica por conta da pandemia da Covid 19. O foco do programa é impactar a vida de 50 mil mulheres de 10 comunidades espalhadas pelo Brasil, em parceria com 10 organizações sociais. De acordo com o edital, o Potência Feminina vai oferecer capacitação, aceleração e capital financeiro para pequenos negócios garantindo que se mantenham em funcionamento e crescimento pós-Covid, e abrange temas como empregabilidade, empreendedorismo e tecnologia. As organizações (não governamentais) que se interessarem em participar devem passar por um processo de seleção e a inscrição pode feita pelo site do programa. 

 

Ver essa foto no Instagram

 

O Potência Feminina é uma realização do Instituto RME com apoio do Google.org, braço filantrópico do Google, que tem o objetivo de capacitar e impactar a vida de 50 mil mulheres de 10 comunidades espalhadas pelo país.⠀ ⠀ Empregabilidade, empreendedorismo e programação serão as bases deste projeto de dois anos, que vai contar também com um processo de aceleração e investimento de capitais semente em negócios liderados por parte das participantes.⠀ ⠀ O projeto Potência Feminina é uma resposta à crise econômica causada pelo Covid-19 e por isso se propõe a uma ação local para apoiar pequenos ou novos negócios liderados por mulheres, também àquelas que buscam inserção no mercado de trabalho.⠀ ⠀ Se você quer ser uma das 10 ONGs selecionadas, confere o edital no site do Potência Feminina e faça sua inscrição!⠀ ⠀ #empreendedorismofeminino

Uma publicação compartilhada por Instituto RME (@institutorme) em