Bob Dylan
Bob Dylan || Créditos: Reprodução

Saiba quanto Bob Dylan realmente embolsou com a venda de seu catálogo de músicas para a Universal

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Bob Dylan
Bob Dylan || Créditos: Reprodução

Quando surgiu a notícia de que Bob Dylan tinha vendido seu catálogo musical para a Universal Music, o que todo mundo logo quis saber foi o valor que lendário roqueiro embolsou com o negócio realizado em dezembro. Na época, chegou a se dizer que Dylan tinha levado pra casa nada menos que US$ 300 milhões (R$ 1,71 bilhão) em troca de suas mais de 600 composições, mas ao que parece ele recebeu bem mais que isso.

Segundo uma investigação feita pelo “The Guardian”, o intérprete de “Blowin’ In The Wind” recebeu, na verdade, US$ 400 milhões (R$ 2,28 bilhões) da Universal – o que torna o catálogo musical dele o segundo mais caro da história, atrás apenas do dos Beatles, que pertence à Sony.

E mais: Dylan teria feito tudo usando uma empresa, o que ainda lhe permitiu pagar apenas 20% de imposto (nesse caso, sobre ganho de capital e não sobre renda), e portanto no fim da transação o astro da música de 79 anos ficou com US$ 320 milhões (R$ 1,82 bilhão) limpos no bolso. (Por Anderson Antunes)

Você também pode gostar
Solidão Pandemia

Depois da tempestade

O restaurante que eu frequentava antes da pandemia reabriu. Esteve fechado por meses, e eu o tinha como…