21.10.2020  /  10:18

Insatisfeito com queda de retuítes, filho mais velho de Trump solta o verbo contra o Twitter

Donald Trump Jr. || Créditos: Reprodução

Primogênito de Donald Trump, Donald Trump Jr. acredita estar sendo vítima de um complô orquestrado pelo pessoal do Twitter. Tuiteiro dos mais ativos, o empresário de 42 anos reclamou dia desses no microblog que suas postagens estão recebendo apenas um terço da média de retuítes que chegaram a ter em um passado recente, o que na opinião dele é resultado de pura censura feita a mando dos comandantes da rede social.

Recentemente, o Twitter de fato censurou uma reportagem do “New York Post” com acusações contra Hunter Biden, filho de Joe Biden, o candidato democrata à Casa Branca na eleição presidencial desse ano, mas seu próprio CEO veio a público mais tarde para classificar a medida como um erro. “Mudamos nossas políticas para evitar que isso se repita”, Jack Dorsey se justificou na época.

Além da queda no ibope de seus tuítes, Don Jr. (como o primeiro-filho é mais conhecido) também tem reclamado que seus posts no Instagram estão gerando um engajamento 20% menor de uns tempos pra cá. Um dos maiores defensores de Trump, ele acha que os donos das principais redes sociais estão fazendo de tudo para flopar a reeleição de seu pai como presidente dos Estados Unidos. (Por Anderson Antunes)