05.04.2020  /  9:00

Influencer americana que contraiu Covid-19 causa ira nos vizinhos e é apelidada de “Covidiota”. O motivo?

Arielle Charnas || Créditos: Reprodução

Com 1,3 milhão de seguidores no Instagram e fama de “hippie chic”, a influencer americana Arielle Charnas se tornou nessa semana persona non grata nos Hamptons e ganhou até um apelido dos moradores de lá: “Covidiota”. O motivo? Dona de uma casa de praia no badalado destino que fica no litoral do estado de Nova York, ela decidiu se auto-isolar na propriedade depois de ter testado positivo para a Covid-19, para cumprir a quarentena obrigatória de 14 dias para aqueles que são diagnosticados com a doença, mesmo no caso dos pacientes assintomáticos.

O problema é que Charnas parece não ter entendido muito bem os pormenores da regra, e aparentemente confundiu a obrigatoriedade de ficar recolhida entre quatro paredes para evitar contaminar outras pessoas com tempo livre para sair batendo pernas por aí. Resultado: assim que a viram postando fotos em caminhadas pelos Hamptons, os vizinhos dela ficaram tão indignados que se juntaram para pedir às autoridades locais que fizessem algo, o que acabou acontecendo.

Informada oficialmente de que poderia ser processada caso não se mantenha da porta para dentro pelo restante das duas semanas que tem de “castigo”, Charnas não foi vista pelas redondezas desde então. Aliás, outro problema nos Hamptons nesse momento tem a ver com os estoques cada vez mais escassos de medicamentos, de todos os tipos, nas farmácias do hotspot, já que muitos ricos estão comprando literalmente de tudo com o intuito de estarem preparados para o que aparentemente temem ser o Armagedom. Salve-se quem puder! (Por Anderson Antunes)

*

Abaixo, um dos posts que Charnas fez enquanto deveria estar em casa:

View this post on Instagram

Fresh air ??

A post shared by Arielle Charnas (@ariellecharnas) on