15.12.2010  /  11:00

Claudia Raia deixa claro: “Não é o momento para grandes comemorações”

É assim que Cláudia Raia chama a atual fase que atravessa, em que está prestes a completar 44 anos, no próximo dia 23, e começando a fazer os balanços de 2010. Para a atriz, desta vez as festas vão ser no estilo “me leva que eu vou”. “Não é o momento para grandes comemorações”, explica Cláudia, recém-separada de Edson Celulari. “Mas tenho o chip da alegria e vamos passar Natal e réveillon em casa mesmo, com o Enzo como DJ.”
* “Sophia ainda acredita em Papai Noel, então escreve cartinha, tem aquelas coisas todas. Na virada, só faço questão de vestir branco, comer 12 uvas, uma para cada mês do ano, e guardar os caroços na carteira. O que desejo para 2011? Paz.” Em tempo: paz, sim, mas com uma rotina bem agitada. Cláudia vai montar o musical “Cabaret”, sucesso da Broadway, e, depois de temporadas no Rio e em São Paulo, já deve emendar com a pré-produção do remake de “Guerra dos Sexos”, ao lado de Tony Ramos, Irene Ravache e Reynaldo Gianecchini, no papel que foi de Glória Menezes. “Grudei no horário das 7 e virei uma mulher remake”, brinca.

Cláudia Raia: tudo novo de novo